Close

Gregory Rabassa

Gregory Rabassa•

Tradutor de Julio Cortázar, Jorge Amado e Gabriel García Márquez. Em: If This Be Treason — Translation and its Contents: a Memoir: Gregory Rabassa. Editora New Directions, 2005, pp. 180 a 182.

 

Saraminda

No momento, estou trabalhando no segundo romance de Sarney, Saraminda, que é bem diferente do primeiro e trata da corrida do ouro na região fronteiriça entre o Brasil e a Guiana Francesa, uma área que já foi disputada pelos dois países.

Se O Dono do Mar me fazia trabalhar em busca dos equivalentes para termos de pesca e marítimos, agora fico alerta para aqueles referentes à prospecção e ao garimpo de ouro. Saraminda é o nome de uma garota créole da Guiana Francesa, trazida para os garimpos de ouro por um garimpeiro brasileiro que possui um campo razoável no qual trabalham várias pessoas. Saraminda tem qualidades mágicas, o que conecta este romance ao anterior e nesse caso preciso ser cuidadoso, pois alguns dos termos usados são enganosamente simples. A língua francesa também aparece, já que uma boa parte da ação se dá em Caiena. Mantive o francês intacto, porque é o que os brasileiros leem no original. Essa é maneira pela qual sempre tratei esses casos em que há um terceiro idioma envolvido.

Ainda não terminei a tradução, assim, não posso dizer qual o final da história, mas a julgar pelo modo como é contada, para frente e para trás, em flashbacks, já tenho algumas suspeitas. Só espero que não precise voltar e fazer muitas alterações quando chegar ao final. Também espero que esse romance seja publicado, juntamente com o seu antecessor, uma vez terminada a tradução. Ambos merecem a atenção dos leitores de língua inglesa, que serão muito bem recompensados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: